Jorge Chapuis em São Paulo

Psicanalista comparecerá na comemoração do
20º aniversário do Fórum do Campo Lacaniano

O autor e membro da EPFCL – Forum de Barcelona – , Jorge Chapuis, estará no Fórum do Campo Lacaniano de São Paulo (FCL-SP) – Av. Brasil, 2101, Jardins – nos dias 28 e 29 de junho para o evento Laços Epistêmicos. No dia 28 (sexta-feira), das 16h às 18h, Chapuis falará sobre “A transmissão da psicanálise, o cartel e RSI”, com mediação do psicanalista Rodrigo Pacheco. Após a conferência, das 18h às 19h, está marcado o lançamento do livro “Guia Topológico para o Aturdito”, publicado no Brasil pela Aller Editora.

Na obra, Jorge Chapuis e Rithée Cevasco oferecem um verdadeiro guia para se orientar pelos parágrafos que Jacques Lacan dedica à sua topologia em um texto reputado como um dos mais herméticos: O Aturdito. A proposta dos autores é colaborar com a intenção, explicitada por Lacan nesse mesmo texto, a respeito do destino que a sua topologia possa ser utilizada na prática clínica.

Ainda no dia 28, das 19h às 21h, o psicanalista discute o tema “O uso da topologia na prática clínica e no social”, com o psicanalista Ivan Estêvão como debatedor.

No dia seguinte, 29 de junho, em programação apenas para membros, Chapuis aborda a questão “O impossível do grupo psicanalítico e o possível nos fóruns”, com a mediação da psicanalista Silvana Pessoa, diretora do FCL-SP.

Os interessados podem se inscrever pelo e-mail secretaria@campolacanianosp.com.br. O evento é gratuito. Para mais informações sobre a obra Guia topológico para o aturdito, acesse https://www.allereditora.com.br/livro-guia-topologico/.

Serviço
Data: 28 e 29 de junho (Sexta e Sábado)
Horário: 28/06 – 16 às 18 horas e das 19 às 21 horas
Lançamento da obra “Guia topológico para o Aturdito”, das 18 às 19 horas
29/06 – 9 às 12h
Local: Fórum do Campo Lacaniano de São Paulo
Av. Brasil, 2101 – Jardins, São Paulo
Inscrições e informações: secretaria@campolacanianosp.com.br / Sede do FCL-SP
EVENTO GRATUITO

Sinopse: “Guia Topológico para o Aturdito”
O texto pretende ser um guia para se orientar pelos parágrafos que Jacques Lacan dedica à sua topologia em um texto reputado como um dos mais herméticos: O Aturdito. “Nossa aposta para esta obra segue a via de, primeiro, imaginar a superfície — criá-la, desenhá-la, manipulá-la — para apreender sua estrutura topológica e as relações que ela organiza, descontando depois o senão da imagem. Em certo sentido, essa via se contrapõe ao intento de Lacan em O aturdito, de prescindir de imagens”.

“Tomamos, então, a via do ‘abuso imaginário’, da imageria, a via da ilustração. Mediante uma variedade de figuras e desenhos realizados com propostas distintas e técnicas variadas, pretendemos que a imageria deslize e cada leitor se encaminhe, assim, para a compreensão da estrutura que eles representam: seu “estofo” topológico, que bem poderia se expressar em pura álgebra”.

“Fomos conduzidos pelo propósito de colaborar com a intenção, explicitada por Jacques Lacan nesse mesmo texto, a respeito do destino que a sua topologia possa ter – de que ela possa ser utilizada na prática clínica”, concluem os psicanalistas.

Sobre os autores
Jorge Chapuis é psicanalista e exerce a psicanálise em Barcelona. Membro da Escola de Psicanálise dos Fóruns do Campo Lacaniano (EPFCL), integrante fundador do Centro de Investigación Psicoanálisis & Sociedad e responsável pelas edições S&P. Formado em Desenho Gráfico, Engenharia Industrial (UBAires) e Informática.

Rithée Cevasco é psicanalista e socióloga, exerce a psicanálise em Barcelona. Pesquisadora do CNRS (França) até 2006, AME da Escola de Psicanálise dos Fóruns do Campo Lacaniano (EPFCL), membro fundador do Centro de Investigación Psicoanálisis & Sociedad.

Imagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *